27.8.08

O Gosto de Ler



Sem ligações, isolado lá por onde andaram Afonso Henriques e o Cristo do milagre, está o Ouriquense. Longe da blogo in, dá-nos o prazer da bela língua que nos calhou, e tanto que Tatiana já me passa diante dos olhos e o Chibanga uiva na grande abóbada do luar de Ourique.

4 comentários:

Oscar disse...

O Ouriquense, e também aqui, passo a visitar.

soledade disse...

Boa dica, a do Ouriquense, obrigada. Menos certo ser esse Ourique o da Batalha, mas não é de facto importante :)

nd disse...

Bem-vindo de novo, Óscar, agora a esta casa.

nd disse...

Eu sei, Soledade, mas deu jeito :) Cedo a blogar...

 
Free counter and web stats