12.11.08

Esquinas



O que é a blogosfera. Uma pergunta. Podia responder é um tagarelar sem fim das classes médias, abrangendo a proletária de hoje, definição em que me incluo, não estou a safar-me do que afirmo. Tanto me dá. Contudo, hoje prefiro dizer é uma urbe só com esquinas. Esquinas de surpresa, esquinas electivas, esquinas-parlatórios, esquinas de bocejar, esquinas de trepar, esquinas onfálicas, esquinas de gato por lebre, esquinas para rapidinhas, nunca mais acabaria com elas se não tivesse em mente, com este post, chegar a um determinado tipo de esquina, onde criaturas escrevem ao espelho, coçando-se, como se a esquina fosse o tronco de um carvalho.

4 comentários:

fred disse...

Fui conferir.
Eu não diria melhor.
Abração.

Aníbal Raposo disse...

É verdade e está muito bem escrito.
Abraço

Diogo Vaz Pinto disse...

Tenho tentado contactá-lo para o e-mail do esquerdadavirgula e não entendo se ainda não viu ou se nem lhe chegaram as minhas mensagens.

Quando tiver disponibilidade diga-me alguma coisa.

Abraço

Silvia Chueire disse...

há esquinas que valem a pena.

saudades. muitas.

silvia

 
Free counter and web stats